Hyundai Motorsport no Rali de Espanha

Hyundai Motorsport no Rali de Espanha

 

  • Hyundai Motorsport chegou ao fim do Rali de Espanha, a penúltima prova do Campeonato Mundial de Ralis da FIA (WRC) 2018, com dois carros nas cinco primeiras posições;
  • Thierry Neuville completou o rali de 18 etapas em quarto lugar, após ter sido afastado do pódio devido a uma jante partida na Power Stage;
  • Dani Sordo garantiu o quinto lugar para ajudar a equipa a aproximar-se da Toyota no campeonato de construtores, reduzindo a diferença para 12 pontos.

 

Após o entusiasmante Rali de Espanha ter trazido outra reviravolta aos resultados, o final da temporada, que terá lugar na Austrália em meados de novembro, será decisivo para a luta pelos títulos dos campeonatos de pilotos e de construtores do WRC 2018.

A Hyundai Motorsport concluiu o desafiante rali espanhol garantindo o quarto e quinto lugares, depois de um evento dramático ter impedido a equipa de conquistar um lugar no pódio. Thierry Neuville terminou a apenas 0,5 segundos do terceiro classificado, depois de a sua jante direita traseira se ter partido na Power Stage.

Dani Sordo terminou em quinto, ajudando a equipa a aproximar-se dos rivais na luta empolgante pelo título do campeonato de construtores. A Hyundai Motorsport está agora a apenas 12 pontos do líder, mas apenas com 13 pontos de avanço face à M-Sport Ford. Isto significa que a batalha se irá manter até ao último minuto na Austrália.

Neuville foi obrigado a ceder a posição de liderança da classificação de pilotos a Sébastien Ogier, ficando a apenas três pontos do primeiro lugar à medida que se aproxima o final da temporada. Com 23 pontos de vantagem face a Ott Tanak, a luta pelo título vai continuar a ser disputada a três.

Luta até ao fim

O itinerário de domingo proporcionou um último dia entusiasmante e repleto de ação, com quatro etapas disputadas ao longo de 61,70 km. Um circuito repetido dos trajetos Riudecanyes de 16,35 km e Santa Marina de 14,50 km, separados por uma pausa para manutenção a meio da manhã, ofereceu muitas oportunidades e drama.

As duplas da Hyundai Motorsport mostraram o seu espírito lutador ao estabelecerem tempos competitivos ao longo da manhã – o herói nacional espanhol, Sordo, esteve determinado a manter-se na luta pelo pódio e Neuville fez tudo o que esteve ao seu alcance para defender a sua posição de liderança no campeonato.

A chuva durante a noite trouxe uma seleção crítica de pneus num primeiro momento, pelo que a Hyundai Motorsport optou pelas opções mais seguras de compostos macios. No entanto, em etapas cada vez mais secas, o circuito repetido levou a uma escolha mais simples. A corrida pela vitória deu-se até ao último minuto, na Power Stage de Santa Marina, com um duelo intenso entre Sébastien Loeb e Sébastien Ogier.

Após as suas três duplas terem vencido um total de quatro etapas durante o fim de semana, o Hyundai i20 Coupé WRC da Hyundai Motorsport conseguiu demonstrar a sua performance competitiva tanto na terra como no asfalto. Todas as atenções se vão virar para a última etapa da temporada, o Rali da Austrália, que, no ano passado, teve Thierry Neuville como vencedor, com a Hyundai Motorsport a conquistar os três pódios.

Ainda estamos em jogo

  • Campeonatos só ficarão decididos depois da Power Stage na Austrália;
  • Vitórias por parte das três duplas demonstram potencial do i20 Coupé WRC em Espanha.

O Diretor da Equipa, Michel Nandan, comentou: “Foi um rali muito intenso e altamente competitivo para todos os construtores e para a maioria das duplas. A dificuldade foi incrível e os resultados finais só ficaram decididos na Power Stage, o que proporcionou um final entusiasmante para os fãs. Claro que estamos desapontados por causa da jante partida do Thierry que o impediu de conquistar um pódio. Teria sido um regresso fenomenal depois das dificuldades por que passou na sexta-feira, mas estas coisas acontecem. Temos visto uma mudança no campeonato de pilotos, com o Sébastien na posição de liderança, mas pelo menos isso significa que não será o Thierry a abrir a estrada na Austrália. O Dani acabou em quinto e assim conseguimos diminuir os pontos que nos separam da Toyota no campeonato de construtores. Isto veio confirmar aquilo de que sempre se desconfiou: a competição só ficará decidida na última etapa da temporada. Não se preocupem, vamos dar tudo por tudo!”

Confronto final

  • Campeonato Mundial de Ralis da FIA (WRC) 2018 vai chegar ao fim com o Rali da Austrália, de 15 a 18 de novembro;
  • Evento final em piso de terra vai ser decisivo para os campeonatos de pilotos e de construtores numa das temporadas WRC mais renhidas dos últimos anos.