Hyundai é o Construtor Automóvel do Ano pela BBC Top Gear

Hyundai é o Construtor Automóvel do Ano pela BBC Top Gear

 

  • Hyundai distinguida como Construtor Automóvel do Ano na última edição da revista BBC Top Gear;
  • Marca sul coreana elogiada pela sua diversidade, capaz de provocar inveja às restantes marcas;
  • i30 N, IONIQ e KAUAI Electric aclamados pela sua credibilidade no mercado.

 

A Hyundai é distinguida como o Construtor Automóvel do Ano, na última edição da revista BBC Top Gear.

A revista BBC TopGear destaca o rápido desenvolvimento da Hyundai ao longo dos anos e elogia a gama Hyundai por ser tão diferenciadora, especialmente com o i30 N, o “eco hatch” IONIQ e o ousado e mais recente membro da família, o KAUAI Electric.

A BBC TopGear referiu: “Depois de várias décadas a afirmarmos que os Hyundai têm menos personalidade do que música de call centre, os sul coreanos conseguiram. A Hyundai apresenta agora uma gama de automóveis capaz de criar inveja aos conglomerados no setor automóvel. O patinho feio que chegou e venceu? A Hyundai percorreu um longo caminho.”

Desde citadinos, a “hot hatches”, passando pelos grandes e pequenos SUV com uma ampla gama de motorizações que abrangem todas as opções híbridas, elétricas, plug-in e fuel cell, a Hyundai oferece, atualmente, aos seus clientes uma das mais amplas gamas da indústria.

Tony Whitehorn, Presidente e CEO da Hyundai Motor UK referiu: “Receber esta distinção da revista BBC TopGear é a prova irrefutável do longo caminho que percorremos na última década. Em 2008 vedemos apenas 28.000 veículos no Reino Unido e essas vendas deveram-se sobretudo ao fator preço. Se olharmos para o dia de hoje, somos um dos construtores automóveis que figura no top 10 no Reino Unido e vamos vender mais de 90.000 ainda antes do final deste ano. Neste momento, a razão pela qual os nossos clientes compram

Hyundai é, sem dúvida, o design dos nossos modelos. A nossa marca continua a crescer e a evoluir, estamos muito orgulhosos por poder disponibilizar a mais completa gama de sempre.”